Papa encoraja católicos e cristãos no Marrocos: sejam promotores e defensores de fraternidade

No seu primeiro discurso oficial, Francisco se dirigiu ao povo do Marrocos e às autoridades em cerimônia de boas-vindas na Esplanada da Mesquita Hassan, em Rabat: "a construção de pontes entre os homens, na perspectiva do diálogo inter-religioso, deve ser encarada sob o signo da convivência, da amizade e da fraternidade”.


Fonte: Diretoria da Festa de Nazaré

Comentários